26 de Maio de 2012 / às 13:52 / em 6 anos

"Mud" encerra festival de cinema com muitos aplausos em Cannes

Por Mike Collett-White

Membros do elenco do filme "Mud" Jacob Lofland, Reese Witherspoon, Matthew McConaughey e Tye Sheridan posam para foto no 65o Festival de Cannes. "Mud", um filme comovente sobre o crescimento de um menino que se passa no Rio Mississippi, estrelado por Matthew McConaughey e Reese Witherspoon, encerrou o Festival de Cinema de Cannes no sábado, sendo muito aplaudido numa apresentação à imprensa. 26/05/2012 REUTERS/Jean-Paul Pelissier

CANNES, França (Reuters) - “Mud”, um filme comovente sobre o crescimento de um menino que se passa no Rio Mississippi, estrelado por Matthew McConaughey e Reese Witherspoon, encerrou o Festival de Cinema de Cannes no sábado, sendo muito aplaudido numa apresentação à imprensa.

O filme, que lembra o romance As Aventuras de Huckleberry Finn, de Mark Twain, se concentra em Ellis, interpretado pelo promissor Tye Sheridan, que na época tinha 14 anos. Com seu melhor amigo, Neckbone, ele encontra o misterioso Mud (McConaughey), que está vivendo isolado em uma ilha.

Os meninos descobrem que ele é fugitivo de um crime grave que voltou a área para encontrar o amor de sua vida, Juniper, interpretada por Witherspoon, com quem ele sonha fugir para o México pelo mar. Eles o ajudam a reconstruir um barco que está preso em uma árvore, e acabam entrando em uma corrida perigosa contra o tempo depois que a família da vítima de Mud surge atrás de vingança.

O diretor e roteirista Jeff Nichols admitiu que tomou emprestado livremente os romances de Twain. “Se você vai roubar coisas de alguém, deve roubar de alguém realmente inteligente, e eu roubei coisas de Mark Twain”, disse ele a repórteres antes da première mundial do filme, no sábado.

“Mark Twain é um dos meus autores favoritos e há uma cena em Tom Sawyer onde Tom nada no meio do Rio Mississippi e tira uma soneca no banco de areia.”

“Acho que li isso no oitavo ano, na aula de inglês, e eu nunca consegui tirar aquilo da minha cabeça.” Jacob Lofland, o ator iniciante de 15 anos que interpreta Neckbone, afirmou que ele e Sheridan notaram as semelhanças.

“Eu e Tye tivemos que ler Huck Finn no set de filmagem.e encontramos um monte de coisas que surgiram no roteiro, e perguntamos a Jeff sobre aquele ponto.” Nichols escolheu atores jovens porque eles eram do Sul dos Estados Unidos e então pareceriam mais autênUticos que intérpretes treinados de, por exemplo, Los Angeles.

O primeiro papel de Seridan num filme foi em “A Árvore da Vida”, de Terrence Malick, que ganhou o prêmio máximo em Cannes, a Palma de Ouro, no ano passado. Para Witherspoon, que ganhou o Oscar por “Johnny e June”, a história tinha apelo imediato.

“Eu cresci com meu irmão em um riacho, dando voltas em cima de uma bicicleta suja, fazendo motocross na terra, pescando no Tennessee, então quando eu li o roteiro de Jeff eu me senti em casa.” “Nunca vejo minha casa na tela do cinema e Jeff trouxe essa história tão autêntica e bonita para este lugar, e foi muito interessante para mim.”

“Há muito poucos filmes sobre o Sul dos Estados Unidos que são precisos, e sinto que este é um deles.” O festival de Cannes, que dura 12 dias, acaba no domingo com uma cerimônia de premiação, onde “Mud” e 21 outros filmes concorrem a prêmios incluindo a cobiçada Palma de Ouro.

Os favoritos dos críticos incluem “Amour”, de Michael Haneke, “Beyond the Hills”, de Cristian Mungiu, e “Rust & Bone”, de Jacques Audiard.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below