14 de Setembro de 2012 / às 12:06 / em 5 anos

Revista francesa publica fotos de Kate Middleton de topless

Por Catherine Bremer

Homem segura cópia de revista francesa Closer mostrando fotos da Duquesa de Cambridge e príncipe William em banca de jornais, em Nice. A revista francesa Closer publicou uma série de fotos da duquesa britânica de Cambridge, Kate Middleton, tomando sol de topless, causando um novo problema para a família real. 14/09/2012 REUTERS/Eric Gaillard

PARIS, 14 Set (Reuters) - A revista francesa Closer desencadeou um novo tornado na mídia sobre a família real britânica, nesta sexta-feira, com uma reportagem de cinco páginas mostrando fotos da duquesa de Cambridge, Kate Middleton, tomando sol de topless com o príncipe William, no sul da França.

A publicação semanal de fofocas de celebridades divulgou uma série de fotos de Kate fazendo topless, relaxando com o marido na sacada de em uma cabana de caça do século 19 que pertence ao filho da falecida princesa Margaret.

Sob o título “Oh, meu Deus!”, as fotos mostram a duquesa sem a parte de cima do biquíni e depois relaxando em uma espreguiçadeira, aparentemente alheia ao paparazzi à espreita nas proximidades, durante as férias do casal no início de setembro. Uma foto mostra Kate de costas, com a parte de baixo do biquíni abaixada, enquanto William passa creme em suas costas.

“A última vez que vimos Kate e William em uma varanda era para seu casamento. Mas eles estavam vestindo mais roupas”, diz a legenda de uma foto. Outra diz: “As pessoas sempre dizem que ela não precisa vestir-se para ficar bonita. Bem... Kate está provando isso.”

Enquanto a Closer defendeu sua decisão de publicar as fotos, um porta-voz real chamou-as de uma jogada grotesca que tinha entristecido o casal real e disse que o Palácio de Buckingham estava consultando seus advogados.

“Suas Altezas Reais ficaram extremamente entristecidas em saber que uma publicação francesa e um fotógrafo invadiram sua privacidade de forma grotesca e totalmente injustificável”, afirmou um porta-voz do palácio de St. James.

“Suas Altezas Reais tinham toda a expectativa de privacidade na casa remota. É impensável que alguém tire fotografias como estas, muito menos publicá-las. ”

A editora-chefe da Closer, Laurence Pieau, descreveu as fotos como uma “linda série”, que mostrava um casal apaixonado e não estava de forma nenhuma degradante. Ela disse que a revista tinha fotos mais íntimas da mesma série que optou por não publicar.

“Houve uma reação excessiva a estas fotos. O que vemos é um jovem casal, que acabou de se casar, que está muito apaixonado, que é esplêndido”, disse Laurence à televisão francesa BFM.

“Ela é uma princesa real do século 21”, acrescentou: “É uma jovem que está de topless, da mesma forma que você pode ver em qualquer praia na França ou ao redor do mundo.”

ALTEZAS SEM ROUPA

A Closer, publicada pela empresa italiana Mondadori, provavelmente perderia qualquer ação legal por invasão de privacidade, embora os lucros da edição provavelmente excederiam em muito qualquer multa que receberia, possivelmente de apenas alguns milhares de euros.

“Eles estavam de férias no castelo de um amigo. Não havia expectativa de que a imprensa estivesse lá. Então, visivelmente, eles foram prejudicados pelo fato de as fotos terem sido tiradas e é provável que um tribunal francês deliberaria nesta direção”, disse Christopher Mesnooh, um advogado dos EUA que exerce a profissão na França.

A publicação das fotos --que motivou uma onda de comentários, em sua maioria raivosos, no Twitter-- reabriu um debate sobre a privacidade da família real da Grã-Bretanha e a liberdade de imprensa, poucas semanas depois de um site dos EUA ter publicado fotos do príncipe Harry, irmão mais novo de William, nu e agarrando uma mulher também sem roupas em um quarto de hotel de Las Vegas.

“Harry começou a moda: nos dias de hoje, os Windsors tiram a roupa”, brincou a revista francesa no ensaio de fotos feito durante as curtas férias do casal no início de setembro, o qual a publicação disse ser exclusivo no mundo inteiro.

O casal real, que no momento está em viagem pelo sudeste da Ásia, soube da reportagem da revista enquanto estava na Malásia e ficou enfurecido e triste por ter sua privacidade violada, disse uma fonte real. Uma segunda fonte disse que o Palácio de Buckingham planejava entrar em contato com advogados franceses para ver que opções estavam disponíveis.

A Closer também disse Kate foi flagrada fumando um cigarro, quando o casal saiu do aeroporto de Marseille nas proximidades, onde chegaram em um voo comercial.

Reportagem adicional de Tim Castle, em Londres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below