13 de Janeiro de 2014 / às 11:30 / em 4 anos

"Breaking Bad" e "Brooklyn Nine-Nine" levam principais prêmios de TV do Globo de Ouro

Por Nichola Groom

Ator Bryan Cranston posa para foto após receber o prêmio de melhor ator em série dramática de TV, junto ao autor Vince Gilligan e ao ator Aaron Paul, que comemoram o prêmio de melhor série dramática de TV para "Breaking Bad", no 71º Globo de Auro, em Bervelly Hills, Califórnia. 12/01/2014. REUTERS/Lucy Nicholson

BEVERLY HILLS, 13 Jan (Reuters) - O Globo de Ouro homenageou o antigo e o novo em sua principal premiação de TV, no domingo, com a série há muito tempo no ar “Breaking Bad” vencendo a categoria melhor drama, enquanto o estreante policial “Brooklyn Nine-Nine” recebeu o prêmio na categoria melhor comédia.

“Breaking Bad”, que conta a árida história de transformação de um professor de química em produtor de metanfetamina, venceu o Globo de Ouro de melhor série de drama pela primeira vez após ser nomeada nos três anos anteriores.

O astro do seriado, Bryan Cranston, também recebeu o primeiro Globo de Ouro de melhor ator em drama de TV. Ele também havia sido nomeado antes por três vezes pelo seu papel como o improvável rei do crime Walter White. “Breaking Bad” chegou à sua quinta e última temporada, todas bastante aclamadas.

“Essa é um honra tão maravilhosa e é uma forma muito boa de dizer adeus a um programa que significou tanto para mim”, disse Cranston ao subir ao palco para receber o prêmio.

O Globo de Ouro de melhor atriz em um drama foi para Robin Wright, pelo papel como uma formidável esposa de um líder do Partido Democrata no Congresso dos EUA na série “House of Cards”, da Netflix.

A Netflix tem sido um dos principais agentes em um mundo televisivo em rápida transformação para um sistema de vídeo sob demanda, streaming online e interação com redes sociais.

“Brooklyn Nine-Nine”, uma série sobre um infantilizado detetive policial e seu rígido capitão gay em uma delegacia do Brooklyn, venceu a categoria melhor série de comédia, após estrear no canal Fox na temporada passada. A série ficou à frente da série “Girls”, da HBO.

“Quase fui para a faculdade de medicina”, disse o co-diretor do programa, Dan Goor, ao aceitar o prêmio. “Eu decidi fazer isso. E isso aqui é muito, muito melhor do que salvar uma vida.”

A série também recebeu o prêmio de melhor ator de comédia para seu protagonista, o veterano do programa Saturday Night Live (SNL) Andy Samberg.

Sua antiga companheira no SNL, Amy Poehler, também ganhou seu primeiro Globo de Ouro no domingo pelo papel como uma funcionária pública de uma pequena cidade do Estado de Indiana na série “Parks e Recreation”.

“Nunca ganhei nada como isso”, disse a atriz no palco, emocionada. Ela havia sido nomeada antes por duas vezes e foi a apresentadora da premiação ao lado de sua colega comediante e amiga Tina Fey. “Isso é tão clichê, mas você pode ficar muito nervosa. Eu nunca venci, então não consigo acreditar que ganhei.”

A cinebiografia de Liberace, produzida pela HBO, venceu o Globo de Ouro de melhor minissérie ou filme de TV. O veterano de Hollywood Michael Douglas venceu o prêmio de melhor ator na categoria pelo sua atuação como o pianista, ficando à frente do outro protagonista, Matt Damon, que interpretou seu amante.

“A única razão para não você não estar aqui é que eu usei mais lantejoulas”, disse Douglas a Damon enquanto aceitava o prêmio.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below