19 de Fevereiro de 2015 / às 14:28 / 2 anos atrás

Cnova adota marketplace em sites do Pontofrio e Casas Bahia

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de comércio eletrônico Cnova, controlada pelo Grupo Pão de Açúcar, anunciou nesta quinta-feira a extensão do modelo de marketplace, passando a adotá-lo nos sites do Pontofrio e Casas Bahia.

Visto como importante agregador de receita para as empresas de e-commerce, o marketplace funciona como um shopping virtual: lojistas pagam comissão sobre os produtos vendidos na plataforma de vendas, que permite aos consumidores comprar artigos de diferentes varejistas usando um mesmo carrinho.

Até então, o único marketplace da Cnova no país era no site do Extra, inaugurado em 2013. Segundo a companhia, ele conta hoje com cerca de 700 lojistas e 800 mil produtos.

No último trimestre, a participação do marketplace no site do Extra saltou a 12,4 por cento, ante 3,8 por cento um ano antes, contribuindo para a alta de 28,6 por cento no faturamento líquido da Cnova Brasil no período, a 1,8 bilhão de reais.

A Cnova, que também opera os sites do Cdiscount em países como França, Colômbia e Equador, tem ampliado iniciativas em marketplace para impulsionar sua receita.

No começo de 2014, a Cnova passou a ofertar na França armazenagem, preparação, transporte e atendimento ao cliente para vendedores do marketplace, mediante pagamento de taxa.

Segundo o prospecto de oferta inicial de ações, o objetivo da Cnova é oferecer serviços similares no Brasil para ganhar com serviços a lojistas, além da comissão sobre vendas.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below