14 de Novembro de 2016 / às 17:56 / 9 meses atrás

Comissão da UE coloca revisão de fintech em agenda para 2017

BRUXELAS (Reuters) - A Comissão Europeia quer propor recomendações para empresas de tecnologia financeira no início do ano que vem, em um primeiro passo para a avaliação dos riscos e recompensas representados por um setor que está abalando os bancos tradicionais.

Conhecidas como fintech, tais empresas estão desenvolvendo novas formas de crédito online, como o financiamento coletivo, empréstimo entre pares e aplicativos para dispositivos móveis para realizar pagamentos e enviar dinheiro ao exterior.

Anunciando uma força tarefa interna para propor recomendações para o setor na primeira metade do ano que vem, o comissário de serviços financeiros da UE, Valdis Dombrovskis, disse que a inovação tecnológica no setor financeiro era um desenvolvimento a ser encorajado.

"Ela traz enormes oportunidades para clientes e para o setor", disse. "Nossa força tarefa ajudará a garantir que nossa política apoie a busca por essas oportunidades, enquanto soluciona quaisquer riscos que possam surgir".

A Comissão não esclareceu se regulamentações totalmente desenvolvidas estão nos planos, mas algumas mudanças regulatórias parecem prováveis.

"Se você acha que serviços de pagamentos de bancos precisam ser estritamente regulados, então você também precisa de medidas similares para aqueles que fornecem serviços de pagamentos sem licença bancária", disse à Reuters Elke Koenig, chefe do Conselho de Resolução Única, um regulador bancário europeu.

Por Francesco Guarascio

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below