6 de Janeiro de 2017 / às 14:15 / 9 meses atrás

EUA processam D-Link por falhas em segurança em roteadores e câmeras

WASHINGTON/BOSTON (Reuters) - A Comissão de Comércio dos Estados Unidos (FTC) abriu processo contra a D-Link acusando a fabricante sediada em Taiwan de falhar em implementar medidas razoáveis para proteger seus roteadores e câmeras ligadas à Internet contra hackers.

A FTC abriu o processo como parte de um esforço mais amplo de melhorar a segurança de dispositivos conectados à Internet, incluindo roteadores, webcams, gravadores de vídeo e outros dispositivos comumente usados por consumidores.

A companhia afirmou em comunicado que vai “se defender vigorosamente contra acusações infundadas”. A FTC “falha ao alegar que consumidores sofreram ou podem sofrer danos substânciais”, acrescentou a empresa.

A preocupação sobre segurança de dispositivos conectados à Internet cresceu desde o ano passado, quando hackers lançaram uma série de ataques de intensidade crescente que cortaram acesso a alguns dos maiores sites do mundo.

Especialistas responsabilizaram os ataques a falhas de segurança em um grande número de dispositivos conectáveis à Internet fabricados por dezenas de empresas. Eles pediram para a indústria proteger melhor seus equipamentos e remover vulnerabilidades fáceis de serem exploradas como uso de senhas padrão.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below