7 de Janeiro de 2017 / às 14:03 / 7 meses atrás

Jovens que transmitiram agressão pelo Facebook são presos

CHICAGO (Reuters) - Quatro jovens afro-americanos acusados de agredir um rapaz branco de 18 anos foram condenados na sexta-feira por uma juíza de Chicago à prisão, sem direito à fiança. O caso de agressão foi transmitido pelo Facebook.

Jordan Hill, Tesfaye Cooper e as irmãs Brittany e Tanishia Covington foram acusados na quinta-feira de sequestro, crime de ódio, retenção ilegal e posse de arma letal, todos com agravantes.

Tanishia Covington tem 24 anos, enquanto sua irmã e os dois jovens têm 18 anos.

Na sexta-feira, juíza Maria Kuriakos Ciesil ordenou que os quatro fossem mantidos presos.

"Estou olhando para cada um de vocês e me perguntando onde estava o senso de decência que cada um deveria ter tido? Não o vejo", disse a juíza Ciesil, de acordo com o Chicago Tribune.

Os quatro são acusados de sequestrar e torturar o jovem, que tinha planejado passar o feriado de Ano Novo com Hill, seu colega da escola.

Parte da tortura foi transmitida pelo serviço ao vivo do Facebook, atraindo choque generalizado.

Em 2 de janeiro, a mãe da vítima, preocupada por não ter notícias do filho, entrou em contato com Hill através de mídias sociais e pediu que seu filho fosse devolvido.

O fato teria irritado Hill, segundo Erin Antonietti, assistente da procuradoria do estado, em uma coletiva de imprensa na sexta-feira.

De acordo com ela, a vítima é esquizofrênica e sofre de transtorno de déficit de atenção.

Ela disse que Hill levou a vítima para um apartamento onde ele foi amarrado, amordaçado, espancado e esfaqueado.

Eles também gritaram obscenidades sobre o presidente eleito Donald Trump e "pessoas brancas".

"A vítima, com medo, gritava 'não' enquanto um deles caminhava até ele com uma faca dizendo: 'Devo esfaquear o traseiro?'", disse Antonietti, citando uma declaração que havia lido no tribunal.

Durante o ataque, Hill contatou a mãe da vítima e exigiu 300 dólares em troca de seu filho, segundo Antonietti.

A polícia encontrou o jovem na terça-feira, após as queixas de vizinhos por barulhos vindos do apartamento.

Ele estava desorientado e usando roupas de frio.

A próxima audiência no tribunal está marcada para 27 de janeiro.

Por Timothy Mclaughlin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below