17 de Março de 2017 / às 00:28 / em 9 meses

Ações da Snap caem mais de 4% e vão abaixo de US$20 pela primeira vez

SAN FRANCISCO (Reuters) - As ações da Snap caíram abaixo de 20 dólares nesta quinta-feira pela primeira vez desde a oferta pública inicial de ações da empresa (IPO, na sigla em inglês), após a recomendação de um analista de “venda” para as ações da dona do Snapchat.

A empresa de mídia social marcou este mês o IPO mais intenso de tecnologia em três anos, mas depois de dois dias de explosivos ganhos, suas ações têm recuado de uma máxima de mais de 29 dólares, com investidores se preocupando com a alta valorização da Snap e falta de rentabilidade.

As ações da Snap caíram 4,2 por cento nesta quinta-feira, a 19,89 dólares.

O analista Michael Nathanson, da MoffettNathanson, iniciou a cobertura da empresa nesta quinta-feira com uma recomendação de “venda”, advertindo em uma nota que “o mercado precificou a Snap para a perfeição”.

Outros em Wall Street chamaram atenção para a desaceleração do crescimento da base de usuários da Snap, para a ampliação dos prejuízos da companhia e para a falta de direitos de voto para investidores externos. A Snap avisou que talvez nunca seja lucrativa.

Incluindo Nathanson, seis analistas recomendam a venda de ações da Snap, enquanto três têm classificação neutra e nenhum recomenda compra, de acordo com dados da Thomson Reuters.

As ações permanecem acima do preço de seu IPO, de 17 dólares, definido em 1º de março.

Por Noel Randewich

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below