30 de Maio de 2017 / às 18:37 / 3 meses atrás

Analistas vêem mais ganhos para Amazon após ação superar US$1.000

Embalagem da Amazon pronta para ser enviada 29/01/2017Mike Segar/File Photo

NOVA YORK (Reuters) - A Amazon.com tornou-se, nesta terça-feira, a segunda companhia dos atuais componentes do índice S&P 500 a atingir a marca de 1.000 dólares por ação, superando a controladora do Google, a Alphabet, e colocando em evidência uma forte valorização nos papéis de grandes empresas de tecnologia.

As ações da Amazon valorizaram 33 por cento até o momento somente em 2017, acrescentando cerca de 120 bilhões de dólares a seu valor de mercado. A Priceline foi a primeira ação do S&P 500 a atingir a marca de 1.000 dólares, em setembro de 2013.

Analistas, em média, esperam que o papel da Amazon suba outros 10 por cento, com o preço-alvo mediano de 1.100 dólares.

"O mundo está se tornando mais e mais ciente do quão irrefreável é seu plano de negócios", disse Tim Ghriskey, chefe de investimentos da Solaris Asset Management, em Nova York. Segundo ele, a Amazon representa de 3,5 a 5 por cento do portfólio da Solaris.

"Os 1.000 dólares representam certa barreira psicológica para qualquer ação, mas é apenas outro número, e ainda acreditamos na empresa."

Entre as outras quatro maiores companhias dos EUA em valor de mercado, os valores das ações de Apple e Facebook também subiram perto de 33 por cento neste ano, ao passo que a Alphabet cresceu 26 por cento e a Microsoft, 13 por cento.

O valor de mercado combinado das cinco maiores empresas está perto de 3 trilhões de dólares, ou mais de 13 por cento da capitalização combinada das ações do S&P 500. A Amazon, única delas que não compõe o setor de tecnologia do índice, é responsável por 17 por cento do valor de mercado do setor de consumo do S&P 500.

Em termos de preços de ações, o recorde da Amazon, de 1.001,20 dólares, alcançado momentaneamente durante o pregão desta terça-feira, é o segundo maior dentro do índice, atrás da Priceline, que recentemente alcançou 1.850,50 dólares.

A Priceline, no entanto, tem valor de mercado de 92 bilhões de dólares, ao passo que o da Amazon é de 476 bilhões de dólares -- à frente do Facebook na corrida para se tornar a quarta companhia a ter valor de mercado de mais de meio trilhão de dólares, para se juntar à Apple, à Alphabet e à Microsoft.

Por Rodrigo Campos

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below