31 de Maio de 2017 / às 17:49 / em 4 meses

Fundador do site Silk Road perde recurso sobre condenação nos EUA

NOVA YORK (Reuters) - Ross Ulbricht, acusado de ser o idealizador do obscuro site Silk Road para habilitar a venda de drogas ilegais a diversos clientes em todo o mundo, fracassou em persuadir um tribunal federal de apelações a revogar sua condenação e prisão perpétua.

A Corte de Apelações do 2º Circuito, em Nova York, rejeitou a alegação feita pelo acusado de que ele não teve um julgamento justo, por supostamente não tido chance de apresentar provas de corrupção de dois agentes federais envolvidos na investigação.

Também foi rejeitada a afirmação de Ulbricht, de 33 anos, de que sua condenação a prisão perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional, era muito severa.

O painel, composto por três juízes, citou o “impressionante” dado de 183 milhões de dólares em drogas ilegais vendidas no Silk Road de 2011 a 2013, e a consideração de um tribunal inferior da alta probabilidade de que Ulbricht encomendou pelo menos cinco assassinatos para proteger o anonimato do website.

Não há provas que os assassinatos aconteceram.

Joshua Dratel, advogado de Ulbricht, não respondeu imediatamente a pedidos por comentários. Uma porta-voz da promotoria não quis comentar.

Em fevereiro de 2015, um júri em San Francisco considerou Ulbricht culpado de sete acusações por ajudar a permitir a venda de drogas no site com o uso da moeda virtual bitcoin. Ele foi sentenciado três meses depois por uma juíza.

Ulbricht admite ter criado o Silk Road, mas rejeita acusações de que o operava. O website foi fechado em outubro de 2013.

Por Jonathan Stempel em New York

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below