10 de Julho de 2017 / às 19:28 / em 5 meses

Google recorre a grandes escritórios de advocacia para disputa antitruste na UE

(Reuters) - O Google aumentou seu poder de fogo de defesa jurídica, em um momento no qual se prepara para uma disputa com reguladores antitruste da União Europeia após uma multa histórica de 2,4 bilhões de euros, e frente à possibilidade de uma segunda sanção recorde antes do final do ano.

Pessoas trabalham em computadores diante de projeção do Google 29/10/2014 REUTERS/Dado Ruvic/File Photo

Unidade da Alphabet, o maior mecanismo de buscas na Internet do mundo vai se valer da experiência de pelo menos cinco grandes escritórios de advocacia em Bruxelas para ajudá-lo a lidar com seus problemas regulatórios da UE, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

A autoridade de concorrência da União Europeia multou a companhia de internet em 2,4 bilhões de euros no mês passado por favorecer indevidamente seus serviços de compras.

Os escritórios contratados são Cleary Gottlieb, Allen & Overy, Slaughter & May, Garrigues e White & Case.

O Google não respondeu imediatamente a pedidos de comentários enviados por email.

A decisão da companhia de confiar em uma gama diversificada de advogados faz sentido por causa dos riscos que a empresa enfrenta, disse Ian Giles, um sócio do escritório Norton Rose Fulbright.

Por Foo Yun Chee

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below