4 de Agosto de 2017 / às 16:57 / em 4 meses

Ações da Viacom caem por preocupações com queda nas vendas para TV paga

NOVA YORK (Reuters) - As ações da Viacom chegaram a cair 13 por cento nesta sexta-feira, um dia depois que a dona da MTV e do Comedy Central previu vendas mais baixas para as TVs pagas e serviços de vídeo nos Estados Unidos neste trimestre.

As redes de televisão norte-americanas estão sob pressão, à medida que espectadores migram para o conteúdo audiovisual em celulares e tablets, e para serviços como o Netflix e Amazon.com que fornecem seus próprios conteúdos.

A Viacom disse que as vendas nos EUA para canais pagos afiliados e empresas de streaming de vídeo que pagam para transmitir seus programas aumentaram 4 por cento no terceiro trimestre fiscal para 1,01 bilhão de dólares, em grande parte devido ao momento de alguns negócios com os serviços de streaming.

Mas a empresa espera uma queda de um dígito nas vendas no trimestre atual para os provedores de canais pagos dos Estados Unidos.

Os resultados seguem um anuncio feito na segunda-feira de que a Discovery Communications está comprando a Scripps Networks Interactive, uma união que a Viacom também buscou, por 11,9 bilhões de dólares, em um acordo que deve dar mais poder de negociação para a empresa combinada, à medida que busca novas audiências.

Os analistas do Deutsche Bank disseram que as futuras negociações da Viacom com os distribuidores são “desafiadoras”.

Por Anna Driver e Sheila Dang

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below