6 de Novembro de 2017 / às 14:03 / em um mês

Colapso das negociações de fusão entre T-Mobile e Sprint atinge ações da Deutsche Telekom

FRANKFURT (Reuters) - As ações da Deutsche Telekom recuavam nesta segunda-feira após o colapso das negociações para a fusão de sua unidade dos Estados Unidos T-Mobile com a Sprint, que teria criado a terceira líder do mercado norte-americano.

Pessoas passam em frente a sede da Deutsche Telekom em Bonn, Alemanha 25/02/2016 REUTERS/Wolfgang Rattay/File Photo

A evaporação das sinergias, que os analistas estimavam em mais do que o valor de mercado da Sprint de 27 bilhões de dólares, desencadeou várias revisões para baixo da empresa por corretores e levou a queda de mais de 3 por cento nas ações da Telekom.

Mas alguns louvaram a Telekom por exercer disciplina ao não aceitar pagar um prêmio significativo pela altamente endividada Sprint e por ter insistido no controle que permitiria consolidar a entidade resultante da fusão em seus resultados.

O presidente-executivo da Deutsche Telekom, Tim Hoettges, disse que a T-Mobile, na qual a empresa alemã possui uma participação de 64 por cento, dará prosseguimento à estratégia que resultou na adição de mais de um milhão de clientes por 18 trimestres consecutivos.

“Francamente, a T-Mobile EUA está suficientemente bem posicionada para ter sucesso sem a Sprint”, disse Dhananjay Mirchandani, analista de telecomunicações da Bernstein Research, em Londres.

“Quanto à Deutsche Telekom, depois que as ações sofreram um impacto de curto prazo, não vejo como isso realmente altera a estratégia”, acrescentou Mirchandani.

A queda nas ações da Telekom foi semelhante as perdas no mercado de Tóquio para a Sprint, controlada pelo Softbank Group, cujo chefe Masayoshi Son, disseram fontes, ficou com o pé atrás em ceder o controle.

SoftBank disse no domingo que vai aumentar sua participação na Sprint para menos de 85 por cento, ante 83 por cento, em uma demonstração de compromisso com a quarta maior operadora de telefonia móvel dos EUA, que tem dívidas de 38 bilhões de dólares.

Por Douglas Busvine

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below