17 de Novembro de 2017 / às 12:46 / em um mês

Juiz proíbe novos diretores da Oi de interferir no plano de recuperação

SÃO PAULO (Reuters) - O juiz responsável pelo processo de recuperação judicial da Oi proibiu que os novos diretores da empresa de telefonia interfiram no processo de recuperação judicial, de acordo com decisão proferida na quinta-feira.

Logo da operadora de telefonia Oi é visto em loja, em São Paulo 02/10/2013 REUTERS/Nacho Doce

A decisão cautelar se seguiu a pedido de credores internacionais para que a nomeação dos novos diretores Hélio Costa e João Vicente Ribeiro fosse suspensa, por entenderem que haveria conflito de interesses.

“Muito embora os fatos noticiados naquela manifestação sejam graves, parece prematura a adoção de medidas definitivas até a manifestação dos demais interessados”, disse o juiz titula da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, Fernando Cesar Ferreira Viana.

Hélio Costa e João Vincente Ribeiro, membros do conselho de administração da Oi, foram indicados para a diretoria da empresa em reunião do conselho realizada no início do mês de novembro.

Por Rodrigo Viga Gaier; Texto de Raquel Stenzel

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below