December 18, 2017 / 6:23 PM / a year ago

Société Mondiale pede a AGU, Anatel e BNDES votos contra plano da Oi

BRASÍLIA (Reuters) - Às vésperas da assembleia de credores da Oi, o fundo Société Mondiale, acionista da empresa ligado ao empresário Nelson Tanure, reforçou sua atuação contra o plano de recuperação judicial apresentado na semana passada pela diretoria da operadora e para tentar adiar novamente a assembleia.

O fundo entregou à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e à Advocacia-Geral da União (AGU) notificação apontando supostas ilegalidades no plano e afirmando que a proposta “fere de morte a sustentabilidade econômico-financeira da companhia”.

No documento visto pela Reuters, o Société Mondiale pede que a agência e a AGU - que apoiou a elaboração do plano - concordem com a necessidade de adiamento ou votem contra o plano. Documento semelhante foi enviado pelo fundo também para Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O fundo já protocolou ações na Justiça do Rio de Janeiro tentando adiar a assembleia marcada para terça-feira, dia 19, por meio de cautelares, mas até o momento não houve decisão judicial a respeito.

Reportagem de Leonardo Goy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below