January 3, 2018 / 3:29 PM / 5 months ago

Acordo da Mobileye eleva venda de participações em alta tecnologia em Israel para US$23 bi em 2017

Por Tova Cohen

Prédio da Mobileye em Jerusalém, Israel 13/03/2017 REUTERS/Ronen Zvulun

(Reuters) - A venda de empresas de alta tecnologia e as ofertas públicas iniciais da ações (IPO, na sigla em inglês) em Israel saltaram para 23 bilhões de dólares em 2017 ante 10 bilhões de dólares em 2016, devido à compra pela Intel da israelense Mobileye por 15,3 bilhões de dólares, mostraram dados publicados nesta quarta-feira.

A aquisição da Neuroderm pela Mitsubishi Tanabe Pharma por 1,1 bilhão de dólares também aumentou o volume de desinvestimentos - incluindo fusões e aquisições, IPOs e venda de controle - no ano passado, de acordo com o Centro de Pesquisa de Capital de Risco de Israel e o escritório de advocacia Meitar.

O número total de desinvestimentos recuou 7 por cento para 112 negócios em 2017, mas o número de operações de mais de 100 milhões de dólares aumentou.

“Junto com um aumento de 60 por cento no número de grandes operações de venda de participações, também vemos um aumento nas operações de grande porte de captação de recursos “, disse o sócio do Meitar, Alon Sahar. “Este número apóia a tese de que empresários e investidores estão tentando estabelecer empresas maiores”.

Foram realizadas 13 IPOs que levantaram um total de 440 milhões de dólares em 2017, em comparação com nenhum no ano anterior. Somente a ForeScout Technologies arrecadou dinheiro na Nasdaq, os demais buscaram capital em mercados alternativos.

Por Tova Cohen

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below