February 9, 2018 / 1:04 PM / 3 months ago

Barclays nos EUA deve aderir à proibição de compra de criptomoedas com cartões de crédito, diz blog

LONDRES (Reuters) - O Barclays deve seguir outras instituições financeiras de peso nos Estados Unidos ao impedir que clientes comprem bitcoins e outras criptomoedas com seus cartões de crédito, de acordo com uma entrevista com um executivo sênior da unidade de cartões do banco.

Prédio da Barclays em Johannesburg, África do Sul 16/12/2015 REUTERS/Siphiwe Sibeko/File Photo

“Nós estamos tomando a decisão de que provavelmente não permitiremos compras de criptomoedas no cartão”, afirmou Paul Wilmore, diretor administrativo do Barclaycard, ao blog Bank Innovation.

Uma porta-voz do Barclays em Londres disse que o banco está revisando sua política em cada país e que ainda não alterou sua política.

O Barclaycard é um dos maiores emissores de cartões de crédito no Reino Unido e nos Estados Unidos que ainda não anunciou formalmente a proibição de compras de moedas digitais com cartões.

O Lloyds Banking Group, que emite pouco mais de 25 por cento de todos os cartões de crédito no Reino Unido, e a Virgin Money comunicaram a proibição na semana passada, seguindo os passos de JP Morgan Chase & Co e Citigroup.

A medida visa a proteger os clientes de acumular dívidas enormes com a compra de moedas digitais em cartões de crédito, se os valores despencarem, explicou a porta-voz do Lloyds na semana passada.

Por Lawrence White

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below