February 9, 2018 / 2:04 PM / 7 months ago

França e Alemanha pedem ação conjunta do G20 sobre criptomoedas

BERLIM, 9 Feb (Reuters) - Os ministros das Finanças e os presidentes dos bancos centrais da França e da Alemanha pediram que as implicações políticas e monetárias das criptomoedas sejam colocadas na agenda da próxima reunião do G20, que reúne as maiores economias avançadas e em desenvolvimento.

Em uma carta ao ministro das Finanças da Argentina, atual titular da presidência do G20, as autoridades pediram um relatório internacional sobre as implicações das criptomoedas, um relatório do Fundo Monetário Internacional sobre suas implicações na estabilidade financeira e que se trabalhe conjuntamente em uma ação “transfronteiriça” para regulá-las.

“Acreditamos que podem surgir novas oportunidades decorrentes das moedas digitais e das tecnologias por trás delas”, escreveu o ministro das Finanças francês, Bruno Le Maire, o seu homólogo alemão Peter Altmaier, os presidentes dos bancos centrais da França, Francois Villeroy de Galhau, e da Alemanha, Jens Weidmann.

“No entanto, as criptomoedas podem representar riscos substanciais para os investidores e podem ser vulneráveis a crimes financeiros sem medidas adequadas. A mais longo prazo, riscos potenciais no campo da estabilidade financeira também podem surgir”, acrescentaram.

Por Gernot Heller

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below