May 4, 2018 / 6:56 PM / 5 months ago

Ação da Apple bate recorde após Buffett aumentar participação

(Reuters) - As ações da Apple subiram para nível recorde nesta sexta-feira, depois que a empresa de investimentos do bilionário norte-americano Warren Buffett, a Berkshire Hathaway, revelou que comprou mais 75 milhões de papéis da gigante da tecnologia no primeiro trimestre.

Logo da Apple na entrada da loja da empresa de tecnologia em Nova York, EUA 21/07/2015 REUTERS/Mike Segar

O aumento da participação da Berkshire na Apple levava as ações da empresa de tecnologia de consumo a avançar 3,9 por cento às 15:45 (horário de Brasília), para 183,90 dólares.

“Se você olhar para a Apple, acho que ela ganha quase o dobro da segunda empresa mais lucrativa dos Estados Unidos”, disse Buffett à CNBC, que divulgou a notícia pela primeira vez na quinta-feira.

O comprometimento de Buffett com a Apple nos últimos dois anos surpreendeu muitos, dada sua aversão histórica a empresas associadas ao setor de tecnologia.

O investimento inicial da Berkshire na Apple foi pequeno, mas as últimas compras de participação elevaram a fatia para 240,3 milhões de ações, o equivalente a 42,5 bilhões de dólares.

Em fevereiro, a Berkshire afirmou que a sua participação na Apple tinha crescido em 23 por cento desde o final de setembro, para cerca de 165,3 milhões de ações.

Recentemente, o bilionário vendeu um investimento que não foi bem-sucedido na IBM ao mesmo tempo em que estava comprando ações da Apple.

Buffett elogiou o presidente-executivo da Apple, Tim Cook, e sugeriu que considera a Apple como uma empresa de produtos de consumo, apesar de suas origens no Vale do Silício.

A Berkshire não faz uma grande aquisição há mais de dois anos e Buffett afirmou em sua mensagem anual que queria uma ou duas aquisições “enormes” fora da área de seguros para ajudar a reduzir o caixa de 116 bilhões de dólares da Berkshire.

A compra de participação adicional na Apple resolve isso, apesar de Buffett preferir comprar companhias inteiras em vez de suas ações.

A Apple teve receita de 61,1 bilhões de dólares no trimestre encerrado em março, ante os 52,9 bilhões de dólares de um ano antes, e prometeu recomprar mais 100 bilhões de dólares em ações.

Por Philip George e Sonam Rai, em Bangalore, Índia

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below