June 20, 2018 / 5:41 PM / 3 months ago

Toyota aproveita investimento de US$1 bi na Grab para coletar dados de mobilidade

TÓQUIO/CINGAPURA (Reuters) - Ao investir 1 bilhão de dólares na empresa de transporte compartilhado Grab, a Toyota espera obter informações de passageiros com dezenas de milhares de carros em todo o sudeste asiático, acompanhando a velocidade com que dirigem, para onde viajam e o tempo que passam no trânsito.

Logo da Toyota em carro refletindo o prédio do Banco do Japão em Tóquio, Japão 18/02/2010 REUTERS/Toru Hanai

A montadora japonesa disse que pretende instalar seus dispositivos de gravação TransLog na frota de carros da Grab para acessar dados sobre padrões de direção que serão cruciais para a entrada na emergente indústria de serviços de mobilidade.

O acordo com a Grab, anunciado na semana passada, permitirá que a Toyota acessar um volume de dados que seria difícil de coletar com carros particulares, que são usados em menos de 5 por cento por dia, geralmente em viagens de rotina.

“Há dados sobre os carros, e também há dados sobre o serviço - quantos clientes os motoristas têm, a quilometragem média, onde as corridas estão concentradas”, disse Juliussen. “Tendo essa imagem em todas as principais cidades do sudeste asiático, isso se torna muito valioso.”

Tais informações darão à Toyota uma visão sobre o gerenciamento de frotas, à medida que desenvolve serviços, incluindo conceitos futuristas, como restaurantes móveis com pagamento por uso.

Em troca, a Grab poderá expandir serviços como entrega de alimentos e pagamentos digitais usando o investimento de 1 bilhão de dólares da Toyota - o maior de uma montadora em aplicativos de compartilhamento de veículos.

As duas empresas poderão usar os dados para uma possível colaboração em serviços como diagnósticos de veículos e planos de seguro personalizados com base no uso do motorista.

Os dados também ajudarão a Grab a manter a eficiência na manutenção da frota à medida que se expande para o sudeste da Ásia, onde opera em mais de 200 cidades.

Especialistas da indústria disseram que a Toyota poderia expandir seu serviço de dados para mais empresas de mobilidade, como Didi Chuxing, que controla a brasileira 99, Uber e Amazon.com, com a qual também tem parcerias.

Por Naomi Tajitsu e Aradhana Aravindan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below