July 26, 2018 / 7:29 PM / 2 months ago

NXP lança programa de recompra de US$5 bi em ações após colapso de acordo com Qualcomm

WASHINGTON/BENGALURU (Reuters) - A NXP Semiconductors seguiu a Qualcomm e anunciou nesta quinta-feira um programa de recompra de bilhões de dólares em ações, com as empresas procurando compensar os investidores após o colapso da fusão de 44 bilhões de dólares, devido à oposição chinesa.

Homem arma tenda da NXP Semiconductors em Las Vegas, EUA 04/01/2015 REUTERS/Steve Marcus

O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse que é lamentável que a China não tenha dado aval para o acordo. A expectativa de analistas era de que as autoridades chinesas aprovassem a fusão em troca das concessões feitas por Washington à fabricante de celulares chinesa ZTE.

“Estou muito desapontado por não terem obtido aprovação regulamentar”, disse Mnuchin à CNBC em uma entrevista. Infelizmente, acho que este é outro exemplo ...o acordo foi aprovado em todos os outros territórios. Estamos apenas buscando que as empresas dos EUA sejam tratadas de forma justa.”

As ações da Qualcomm subiam 6 por cento na tarde desta quinta-feira em Wall Street, enquanto as ações da NXP recuavam cerca de 4,8 por cento.

O presidente-executivo da NXP, Richard Clemmer, ao anunciar a recompra de 5 bilhões de dólares em ações, disse que a experiência vai levar a empresa a adiar qualquer transação grande no futuro próximo.

Ele chamou o tratamento dada pela China à empresa de “injusto” e disse que esperava que a suspensão da proibição dos fabricantes de chips norte-americanos de fazerem negócios com a ZTE abriria o caminho o negócio com a Qualcomm.

“Era considerado um dos fatores nas discussões com os chineses em relação ao processo regulatório, então é bastante surpreendente que os chineses tenham tomado a decisão e não tenham aprovado a transação”, disse ele em teleconferência.

A NXP informou que recebeu da Qualcomm a prometida taxa de recisão do negócio de 2 bilhões de dólares nesta quinta-feira e Clemmer disse que também espera recuperar 31 milhões de dólares que perdeu como resultado da breve proibição de negociar com a ZTE no início deste ano.

Analistas disseram que vai levar tempo para a empresa se afastar de uma estratégia baseada no pressuposto de que funcionaria como veículo de entrada da Qualcomm para um mercado em rápido crescimento de chips para carros autônomos e outros usos automotivos.

O conselho da Qualcomm elevou para 30 bilhões de dólares na véspera a autorização para recompra de ações e o presidente-executivo da companhia, Steven Mollenkopf, disse que ainda consideraria oportunidades de fusões.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below