August 3, 2018 / 3:24 PM / 2 months ago

Huawei prevê embarques de mais de 200 milhões de smartphones; busca liderança no setor

HONG KONG (Reuters) - A chinesa Huawei elevou para mais de 200 milhões de unidades a previsão de vendas de smartphones para o ano todo e informou que pode se tornar a maior fornecedora mundial de aparelhos no último trimestre do ano que vem.

REUTERS

A Huawei, que recentemente ultrapassou a Apple como segunda fornecedora de smartphones no trimestre encerrado em junho, espera que os embarques para o ano inteiro superem a meta inicial de 180 milhões de unidades, depois de ter enviado mais de 95 milhões de smartphones no primeiro semestre, disse o presidente-executivo Richard Yu, na sexta-feira.

“Acho que não há problema para nos tornamos a número 2 global no próximo ano; no quarto trimestre do ano que vem, é possível nos tornarmos a número 1”, disse Yu em entrevista à Huawei em sua sede em Shenzhen.

Ele atribuiu o crescimento a fortes vendas na Europa e na China, reforçadas por produtos premium, como a série p20, que registrou vendas de mais de 9 milhões de unidades desde o seu lançamento há quatro meses.

O mercado chinês é fundamental para a Huawei, que vem sendo bombardeada nos Estados Unidos, na Austrália e em outros países, devido a preocupações de que a empresa poderia facilitar a espionagem do governo chinês, o que ela tem repetidamente negado.

Yu disse que não há nada que a empresa possa fazer a respeito de ser virtualmente excluída do mercado dos Estados Unidos, onde nenhuma grande operadora vende seus smartphones.

Mas o forte crescimento em alguns outros mercados compensou a perda do mercado norte-americano. O grupo de negócios de consumo da Huawei, que inclui as operações de smartphones, registrou um crescimento de receita de 73 por cento na região que compreende a Europa, Oriente Médio e África (Emea) no primeiro semestre. A receita na China cresceu 37 por cento.

Yu se recusou a fornecer os números de receita semestral para o grupo de negócios de consumo da Huawei, mas disse que a unidade deu a maior contribuição para a receita, uma tendência que deve continuar. A unidade respondeu por 39,3 por cento da receita total da Huawei em 2017.

A Huawei superou a Apple para se tornar a segunda maior vendedora mundial de smartphones no trimestre de junho, segundo dados de empresas de pesquisa de mercado.

A projeção anual da empresa para embarques de smartphones representaria um aumento de 31 por cento em 2018, uma forte recuperação após a grande desaceleração no ano passado.

A recuperação da Huawei ocorre no momento em que o mercado chinês de smartphones, o maior do mundo, mostra sinais de maior consolidação para os maiores fornecedores.

Yu disse que a Huawei conseguiu aumentar sua participação global no mercado premium de smartphones com preço acima de 500 dólares no primeiro semestre, para 16,4 por cento, ante 12,8 por cento há um ano.

A Huawei planeja adicionar 10.000 lojas de varejo em todo o mundo antes do final deste ano. A empresa também planeja fazer testes internos de telefones 5G no quarto trimestre deste ano para um lançamento em algum momento do ano que vem, disse Yu.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below