August 6, 2018 / 6:44 PM / 2 months ago

Chinesa Xiaomi diz que fornecedora Holitech Technology investirá US$200 mi na Índia

(Reuters) - A chinesa Xiaomi Corp informou nesta segunda-feira que a sua fornecedora de componentes Holitech Technology investirá cerca de 200 milhões de dólares em três anos na Índia, o segundo maior mercado de celulares do mundo.

Lei Jun, fundador e presidente-executivo da empresa de telefonia móvel da chinesa Xiaomi gesticula durante o lançamento de novos produtos da empresa em Pequim. 27/09/2016. REUTERS/Stringer

A Xiaomi disse em abril que queria que seus fabricantes globais de componentes de celulares montassem uma base na Índia, no que poderia potencialmente trazer até 2,5 bilhões de dólares em investimentos e criar até 50 mil empregos.

A Índia impôs em abril uma taxa de 10 por cento sobre as importações de componentes-chave para celulares, incluindo placas de circuito impresso povoadas, enquanto se prepara para montar localmente dispositivos móveis.

A Holitech vai fabricar componentes incluindo módulos de câmera, transistor de película fina e sensor de digital em Tirupati, no sul da Índia, informou a Xiaomi em comunicado.

A empresa espera começar a produzir no primeiro trimestre de 2019 com o objetivo de gerar 6 mil empregos em três anos.

Por Arnab Paul

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below