December 21, 2018 / 4:08 PM / in 8 months

Via Varejo entrará em novos mercados com formato de lojas compactas da Casas Bahia

SÃO PAULO (Reuters) - A rede de móveis e eletroeletrônicos Via Varejo vai ingressar em novos mercados com a bandeira Casas Bahia por meio de um formato novo de lojas compactas, de até 150 metros quadrados, tendo como foco cidades de até 70 mil habitantes e alto potencial de consumo.

Caminhões em depósito das Casas Bahia em Jundiaí, São Paulo 04/12/2009 REUTERS/Paulo Whitaker

“Os clientes nessas localidades estão mal servidos e já vemos possibilidade de roubar participação de mercado de maneira muito rápida”, disse à Reuters o diretor de operações da Via Varejo, Marcelo Nogueira.

De acordo com ele, a companhia identificou até 300 cidades brasileiras com potencial para receber uma loja compacta da Casas Bahia e as inaugurações começaram este mês no interior de São Paulo.

A Via Varejo abriu uma unidade no município de Jaguariúna nesta sexta-feira e deve inaugurar outra em Laranjal Paulista no dia 28. “Tem outra em Salto de Pirapora (SP) que ocorreria este mês, mas vai ficar para janeiro”, contou Nogueira.

Ele não quis informar o total de lojas compactas que a rede varejista planeja abrir em 2019, mas revelou que boa parte das inaugurações previstas para o início do próximo ano serão nesse formato, cujo custo de ocupação tende a ser pelo menos três vezes menor.

“O custo acaba sendo proporcional à área (da loja), então o investimento por metro quadrado será menor e o custo operacional também”, explicou o executivo, acrescentando que os espaços serão todos alugados.

A loja compacta faz parte de um conjunto de novos formatos lançados nos últimos anos pela Via Varejo que privilegiam a integração de canais físicos e online, como é o caso do Smart, com 350 a 800 metros quadrados e em operação desde novembro de 2017 nas duas bandeiras.

Em abril, a varejista também começou a operar quiosques com até 25 metros quadrados para ampliar a presença e participação de ambas as redes.

O modelo compacto, porém, será voltado exclusivamente para a Casas Bahia, afirmou Nogueira. Segundo ele, as unidades contarão com todos os serviços da bandeira, incluindo crediário, cartões, garantia estendida, multi assistência e seguros.

“Não é objetivo entrar com guerra de preços nessas cidades, mas haverá alavanca pelo reconhecimento da marca e facilidades de pagamento”, comentou.

O executivo acrescentou que a estratégia inicialmente estará centrada no parcelamento, mas a empresa tende a expandir a oferta de crédito aos clientes mediante o avanço da carteira digital.

Em setembro, a Via Varejo assinou contrato com a startup AirFox para desenvolver soluções de pagamento móvel e banco digital, garantindo opção de comprar até 80 por cento da empresa com sede em Boston em até 3 anos.

A empresa iniciou este mês em duas lojas na capital paulista o piloto do projeto, permitindo aos clientes da Casas Bahia realizar pagamento digital do carnê por meio do aplicativo móvel da AirFox. O plano é expandir o serviço para até 30 lojas até o fim de fevereiro e implementá-lo nas demais unidades a partir do segundo trimestre de 2019.

As ações da Via Varejo acumulam queda de mais de 40 por cento, na contramão de concorrentes como Magazine Luiza e B2W, que subiram cerca de 124 e 94 por cento, respectivamente, neste ano.

Edição Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below