October 23, 2019 / 1:43 PM / 20 days ago

Como a Amazon fará entregas em seu segundo maior mercado?

MANNHEIM, Alemanha (Reuters) - A cada meia hora, 50 vans chegam ao centro de distribuição da Amazon em Mannheim, Alemanha e saem novamente com até 200 pacotes e um plano de entrega detalhado para cada uma.

17/09/2019 REUTERS/Ralph Orlowski

A operação matinal coreografada foi projetada para maximizar a velocidade e minimizar os custos, condições prévias para o sucesso da rápida expansão da Amazon em seu maior mercado internacional.

No entanto, as empresas que contratam funcionários para as entregas dizem que encontrar motoristas é cada vez mais difícil.

Salem Ahmad administra uma pequena empresa de logística que recentemente ganhou um contrato para entregar encomendas para a Amazon na cidade de Bochum. Iraquiano que vive na Alemanha desde 2001, ele está lutando para encontrar de 50 a 60 novos motoristas.

Muitos imigrantes com famílias calculam que receberão mais em benefícios do que a média de 1.600 euros por mês que Ahmad pode pagar, disse ele. “Eles pensam, por que se preocupar e trabalhar em um emprego tão exigente, se isso não os beneficiará financeiramente.”

O aumento de salários poderia ajudar a atrair mais motoristas, Ahmad disse: “Mas nos índices atuais que temos, não é fácil resolver esse problema”.

A Amazon envia quase um terço do total de 1,4 bilhão de encomendas entregues a clientes na Alemanha a cada ano, disse Horst Manner-Romberg, chefe da consultoria de logística MDU. Ele estima que o setor de entrega de encomendas esteja precisando de 9 mil motoristas.

Em Munique, onde a Amazon lançou seu próprio serviço de entrega para a Alemanha em 2015, recentemente começou a contratar motoristas diretamente. Uma porta-voz da Amazon disse que geralmente há uma escassez de motoristas na cidade durante o pico das compras de Natal.

Bernd Gschaider, diretor da Amazon Logistics na Alemanha, que cobre entregas de centros de distribuição, negou que houvesse escassez de motoristas na Alemanha. “É claro que estamos competindo pelos melhores trabalhadores, como em muitos outros setores, mas acreditamos que oferecemos aos nossos motoristas - e aos de nossos parceiros - um bom pacote”, disse ele.

“TRABALHO DURO”

Vários motoristas atuais ou que trabalharam para empresas contratadas pela Amazon disseram à Reuters que as condições de trabalho eram punitivas.

“Os dias eram difíceis: trabalho duro em todos os sentidos da palavra”, disse um deles, Ihsan Hardan, sírio de 35 anos e pai de quatro filhos, que passou sete meses entregando pacotes para uma empresa contratada pela Amazon até que ele desistisse em maio.

Alguns motoristas disseram que os dias úteis eram de 12 horas, porque não havia como entregar tantas encomendas em um turno padrão de oito horas. Alguns motoristas disseram que tinham que aparecer no depósito antes de começar a dirigir e devolver os pacotes não entregues.

“Você tem 180 paradas, 180 vezes para sair e entrar no carro, 180 vezes para encontrar estacionamento, 180 vezes batendo na casa do cliente, às vezes eles estão lá, outras vezes não”, disse Hardan, recusando-se a citar a empresa que o contratou.

Melanie Kreis, chefe de finanças do Deutsche Post DHL, disse recentemente que poucas equipes de entrega estão preparadas para trabalhar pelo salário mínimo alemão de 9,19 euros por hora. A DHL paga aos seus motoristas pelo menos 13,37 euros por hora.

A Amazon disse que pagará aos motoristas que começou a empregar diretamente em Munique 12,80 euros por hora. A Reuters não entrevistou nenhum motorista que trabalhasse diretamente para a Amazon.

As vendas da empresa na Alemanha aumentaram 17% em 2018, para quase 20 bilhões de dólares, ou 9% do total do grupo.

A Amazon divulga os resultados do terceiro trimestre em 24 de outubro, com analistas prevendo uma queda no lucro por ação para 4,60 dólares, de 5,75 dólares há um ano, segundo dados do Refinitiv.

A gigante do varejo online planeja quase dobrar seu número de centros de distribuição na Alemanha este ano, para 24, e abrir outro armazém, elevando sua equipe a mais de 20 mil em mais de 35 instalações.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below