October 28, 2019 / 3:11 PM / 25 days ago

Adobe recebe licença dos EUA para operar na Venezuela

REUTERS/Manaure Quintero

CARACAS (Reuters) - A Adobe informou nesta segunda-feira que recebeu permissão dos Estados Unidos para fornecer produtos digitais na Venezuela, apesar das sanções impostas por Washington ao país sul-americano.

Venezuelanos estavam recorrendo à pirataria depois que a Adobe, produtora de programas como Photoshop e Illustrator, afirmou que planejava interromper o acesso a seus softwares para cumprir as determinações impostas pelas sanções dos EUA.

“Depois de discussões com o governo dos EUA, recebemos licença para fornecermos nossos produtos de mídia digital e serviços na Venezuela”, disse Chris Hall, vice-presidente da Adobe.

“Os usuários podem continuar a acessar a Creative Cloud e o portfólio do Document Cloud como faziam antes”, acrescentou.

A Adobe tinha afirmado que seus produtos iriam parar de funcionar na Venezuela nesta segunda-feira.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below