for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Pompeo diz que EUA têm alertado parceiros sobre riscos de redes 5G "não confiáveis"

Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, durante reunião da Otan em Bruxelas 20/11/2019 REUTERS/Francois Lenoir

LISBOA (Reuters) - Os Estados Unidos passaram “os últimos dois anos” trabalhando para garantir que seus aliados ao redor do mundo conheçam os riscos de trabalhar com empresas como a Huawei, disse o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, em Lisboa, nesta quinta-feira.

“A missão dos Estados Unidos tem sido compartilhar o que sabemos, o que entendemos, e como os EUA pensam sobre a decisão que teremos que tomar à luz de onde as informações dos EUA viajam”, disse Pompeo quando questionado sobre o envolvimento da gigante chinesa de tecnologia em Portugal.

O secretário não citou a empresa pelo nome, referindo-se apenas a “redes não confiáveis”, mas acrescentou que os EUA respeitam o direito de todos os países de tomar suas próprias decisões.

Empresas chinesas mantêm investimentos significativos em setores-chave em Portugal, e as operadoras de telecomunicações do país estão trabalhando com a Huawei para implantar redes 5G.

Os comentários de Pompeo foram feitos durante uma entrevista coletiva conjunta com o ministro das Relações Exteriores de Portugal, Augusto Santos Silva.

Reportagem de Victoria Waldersee

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up