for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Austrália diz que Google e Facebook terão que se comprometer com regras de concorrência

28/03/2018 REUTERS/Dado Ruvic

SYDNEY (Reuters) - A Austrália disse nesta quinta-feira que gigantes da tecnologia como o Facebook e o Google terão que concordar com novas regras para garantir que não abusem de seu poder de mercado e prejudiquem a concorrência, ou o governo vai impor novos controles sobre eles.

O primeiro-ministro Scott Morrison disse que a Comissão Australiana de Concorrência e Consumidores (ACCC) criará um código de conduta para tratar das reclamações de que as empresas de tecnologia têm uma posição de domínio sobre a publicidade, o principal gerador de renda das operadoras de mídia locais.

As diretrizes garantirão que um poder de mercado substancial não seja usado para diminuir a concorrência nos mercados de serviços de mídia e publicidade.

O governo da Austrália disse que as empresas de tecnologia precisariam concordar com as novas regras até novembro de 2020 ou as forçará.

“As empresas estão em aviso prévio. O governo não está brincando. Não hesitaremos em agir”, disse o tesoureiro australiano Josh Frydenberg a repórteres.

O Google e o Facebook disseram apoiar uma concorrência maior e trabalharão em estreita colaboração com a ACCC.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up