for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Captações via crowdfunding no Brasil crescem 71% em 2019, diz consultoria

Visitantes participam de feira de startups. REUTERS/Charles Platiau

SÃO PAULO (Reuters) - As captações de recursos de investidores via crowdfunding no Brasil cresceram 71,2% no ano passado ante 2018, para 78,8 milhões de reais, segundo levantamento da consultoria gaúcha Crowdfunding Group (CFG).

Regulamentado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o crowdfunding consiste na oferta pública papéis de empresas de pequeno porte, com dispensa de registro e feita por meio de plataforma eletrônica. Empresas que querem fazer oferta pública de investimentos coletivos podem captar até 5 milhões de reais.

Segundo o CFG, os números consolidados de 2019 levaram em conta rodadas concluídas em 13 plataformas de crowdfunding de investimentos com atuação no Brasil e registradas na CVM.

Para Giácomo Diniz, professor no Ibmec-SP, o crescimento desse mercado é explicado pelo fato de o perfil de risco ter aumentado para se conquistar ganhos financeiros maiores. “Em 2016 praticamente não existia. Em 2017 os números eram incipientes. Mas houve um crescimento gigantesco em dois anos. O que pode ter dado um impulso foi a descoberta da modalidade pelas pessoas. Há uma tendência no aumento dos volumes pleiteados”, afirmou Diniz em comunicado da CFG à imprensa.

Por Aluísio Alves

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up