February 4, 2020 / 12:57 PM / 6 months ago

Alphabet registra vendas abaixo de estimativas; YouTube decepciona

SAN FRANCISCO (Reuters) - O novo presidente-executivo da Alphabet, Sundar Pichai, divulgou números de vendas que os investidores exigem há muito tempo, mas os números de publicidade do Google, dados do YouTube e do Google Cloud desapontaram amplamente.

19/07/2018 REUTERS/Arnd Wiegmann

Pichai procurou combater a desaceleração do crescimento da receita no principal negócio de anúncios da empresa, focando nas unidades mais jovens da empresa do Vale do Silício.

Mas Pichai revelou que o YouTube está gerando 15 bilhões de dólares anuais de receita de publicidade, abaixo de estimativas aproximadas de 25 bilhões de dólares.

A receita trimestral dos serviços em nuvem do Google cresceu 53% em comparação com um ano atrás, revelando um crescimento mais lento do que o serviço Azure, da rival Microsoft, que o Google está tentando alcançar. A empresa relatou um aumento trimestral de 62% nas vendas na semana passada, ou 39% ao considerar alguns serviços em nuvem que a Microsoft vende através de outras unidades.

Enquanto analistas financeiros aplaudiram a transparência da Alphabet, alguns questionaram executivos pela segunda vez nos últimos quatro trimestres para explicar por que a receita geral está abaixo ou apenas em linha com as expectativas. O crescimento das vendas caiu abaixo de 20% em três trimestres de 2019, comparado a apenas uma vez nos três anos anteriores.

A Alphabet culpou as taxas de câmbio e sua constante melhoria de recursos, dizendo que não se concentra nos balanços trimestrais.

Analistas afirmaram que a receita de publicidade do YouTube também foi abaixo do esperado.

“O YouTube é menor do que geralmente se supõe, mas, por outro lado, a ferramenta de pesquisa parece ter acelerado e está crescendo mais rápido do que se temia”, disse James Cordwell, analista da Atlantic Equities.

As vendas totais da Alphabet no quarto trimestre foram de 46,08 bilhões de dólares, um aumento de 17%, em comparação com uma estimativa média de analistas de 46,94 bilhões de dólares, de acordo com a Refinitiv.

As vendas de anúncios do Google no trimestre de final de ano foram de 37,93 bilhões de dólares, 16,7% acima do mesmo período do ano passado.

No quarto trimestre, os custos e despesas totais da Alphabet aumentaram 18,5% em relação ao ano anterior, para 36,809 bilhões de dólares.

O lucro do Alphabet no quarto trimestre foi de 10,67 bilhões de dólares, ou 15,35 dólares por ação, em comparação com a estimativa média dos analistas de 8,787 bilhões, ou 12,53 dólares por ação.

Os novos dados divulgados sobre o YouTube, sob o comando de Pichai, mostraram que a receita de anúncios cresceu 31% em comparação com o ano passado.

Pichai também disse que o YouTube, que possui 2 bilhões de usuários mensais, gerou cerca de 750 milhões de dólares em assinaturas e outras receitas que não são de publicidade, mas não revelou números para o período do ano anterior.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below