for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Apple pede que empregados no Vale do Silício trabalhem em casa devido ao coronavírus

Pessoas usando máscaras de proteção esperam para medir sua temperatura numa loja da Apple, em meio a surto de coronavírus. 21/2/2020. REUTERS/Aly Song

SÃO FRANCISCO (Reuters) - A Apple pediu nesta sexta-feira aos funcionários de sua sede no Vale do Silício para trabalharem em casa, se possível, como precaução, confirmou um porta-voz à Reuters.

Autoridades do Condado de Santa Clara, onde fica o campus Apple Park, com 12 mil pessoas, já tinham solicitado a grandes empresas que considerassem pedir aos funcionários que usassem telecomunicações e encontrassem outras maneiras de limitar o contato próximo. Havia 20 casos confirmados de coronavírus no condado até 5 de março, disseram autoridades de saúde.

A Apple também pediu aos funcionários da área de Seattle que trabalhem em casa. Na Califórnia, suas lojas de varejo no Condado de Santa Clara permanecem abertas, segundo um porta-voz.

A Apple disse no mês passado que a disseminação do vírus na China faria com que a empresa perdesse as metas de receita para o trimestre encerrado em março e causaria escassez de iPhone.

Por Stephen Nellis

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up