for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Rappi testa robôs para entrega de comida em domicílio

Robô da Rappi faz entrega de comida na cidade colombiana de Medelin. 17/4/2020. REUTERS/David Estrada

BOGOTÁ (Reuters) - A startup colombiana Rappi está conduzindo entregas por meio de robôs como uma maneira segura de levar comida para pessoas forçadas a ficarem em casa em razão da pandemia do coronavírus.

A iniciativa começou nesta semana em Medellín segunda maior cidade da Colômbia. Os robôs, que viajam sobre quatro rodas e são decorados com bandeiras laranja em suas antenas, transportam entregas de até 35 centímetros quadrados e são usados para transportar pedidos de restaurantes pagos digitalmente.

Os robôs completam a última milha das entregas e são desinfetados antes e depois de cada uso, disse a Rappi.

Os robôs são operados conjuntamente pela Rappi e pela KiwiBot, dos Estados Unidos.

“Acreditamos que, ao fazer parceria com a tecnologia, poderemos continuar cumprindo nosso objetivo de facilitar a vida das pessoas com segurança, especialmente em situações como as quais nos encontramos”, disse o gerente da Rappi na Colômbia, Matias Laks, em comunicado.

A Rappi tem chegado a completar aproximadamente 120 entregas por dia com 15 robôs na área de pilotagem, afirmou.

A empresa disse que pretende conduzir a projeto até julho, e, caso bem-sucedida, expandirá para outros cidades.

Por Nelson Bocanegra

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up