for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Regulador irlandês questiona Apple sobre gravações de usuários

Logotipo da Apple. 12/4/2020. REUTERS/Dado Ruvic

DUBLIN (Reuters) - O Comissário de Protecção de Dados da Irlanda (DPC), principal regulador da Apple na União Europeia, disse nesta quinta-feira estar em contato com a empresa após um informante pedir que o órgão tome medidas sobre um programa que escuta gravações de usuários.

O órgão agiu após Thomas Le Bonniec, ex-contratado da Apple, escrever aos reguladores europeus de proteção de dados em 20 de maio para pressionar por investigações sobre essas práticas.

“O DPC entrou em contato com a Apple nesta questão que surgiu no verão passado e a Apple fez algumas mudanças”, disse Graham Doyle, vice-comissário do DPC, em comunicado à Reuters.

“No entanto, continuamos conversando com a Apple após o lançamento desta declaração pública e aguardamos respostas”, disse ele.

“Além disso, deve-se notar que o Conselho Europeu de Proteção de Dados está trabalhando na produção de orientações na área de tecnologias de assistente de voz”.

A Apple não respondeu imediatamente a um pedido de comentário nesta quinta-feira.

Por Graham Fahy, reportagem adicional de Foo Yun Chee

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up