for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Empresas de cartões passam a aceitar pagamentos de auxílio emergencial

Logo da Cielo em painel na bolsa de valores de São Paulo 25/07/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

SÃO PAULO (Reuters) - Empresas de meios de pagamentos começarão a aceitar diretamente pagamentos feitos por meio do auxílio emergencial do governo federal, enquanto tentam ganhar com tarifas de transações para aliviar a enorme queda com as vendas no varejo devido às medidas de isolamento para conter a pandemia do coronavírus.

Cielo, de Bradesco e Banco do Brasil, Rede, do Itaú Unibanco; e GetnNet, do Santander Brasil anunciaram nesta quinta-feira que habilitaram seus terminais para aceitarem pagamentos de beneficiários do auxílio por meio de um aplicativo da Caixa Econômica.

Os pagamentos serão feitos através de um QR Code gerado pelos terminais e lido pelo aplicativo Caixa Tem, que funcionará como carteira digital.

A opção estará disponível em larga escala a partir de sexta-feira.

Por Peter Frontini

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up