for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Via Varejo aprova oferta de até 297 mi de ações com precificação em 15/06

Unidade das Casas Bahia, rede que pertence à Via Varejo, em São Paulo (SP) 04/12/2009 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O conselho de administração da Via Varejo aprovou na quarta-feira oferta de até 297 milhões de ações, com distribuição primária e esforços restritos, que deve ser precificada em 15 de junho.

A operação consiste na oferta pública primária de, inicialmente, 220 milhões de papéis, que pode ser acrescida em 35% (77 milhões ações) para atender eventual excesso de demanda, de acordo com o fato relevante disponível na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira.

Considerando o preço de fechamento da ação da dona das redes Casas Bahia e Ponto Frio na véspera, de 13,48 reais, a oferta equivale a cerca de 4 bilhões de reais, se considerada a colocação do lote de ações adicionais.

A Via Varejo disse que os recursos líquidos com a operação serão destinados a investimentos em tecnologia e logística, inovação e desenvolvimento, bem como otimização da estrutura de capital da companhia, incluindo reforço de capital de giro.

A oferta tem como coordenadores Bradesco BBI, BTG Pactual, BB Investimentos, Bank of America, Santander, Safra e XP Investimentos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up