for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Sanções dos EUA provavelmente terão impacto sobre Huawei, diz ministro britânico

LONDRES (Reuters) - Sanções dos Estados Unidos destinadas a restringir a capacidade da Huawei de fornecer microchips avançados para equipamentos 5G são susceptíveis de ter um impacto sobre a viabilidade da companhia como fornecedora no Reino Unido, disse o secretário de mídia do país, Oliver Dowden.

REUTERS/Toby Melville

O Reino Unido concedeu à Huawei um papel limitado em suas futuras redes 5G em janeiro, mas autoridades do Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC) estudam o impacto das medidas anunciadas pelos EUA em maio.

“Desde meados de maio, tivemos as sanções dos EUA em relação à Huawei...é provável que tenha um impacto na viabilidade da Huawei como fornecedora de redes 5G”, disse Dowden a um comitê parlamentar.

As operadoras de telefonia móvel BT, Vodafone e Three usam os equipamentos da Huawei em suas redes. A BT afirmou que uma decisão do governo em janeiro de limitar o envolvimento da Huawei no 5G custará 500 milhões de libras.

Dowden disse na terça-feira que o impacto geral das restrições anteriores foi de aproximadamente 1,5 bilhão de libras e um atraso de um ano na implantação das novas redes 5G.

“Claramente, se impormos mais restrições, haverá um custo associado a isso”, afirmou.

Ele disse que gostaria de mais concorrência no mercado além da Huawei, da Ericsson e da Nokia.

“Tanto a Samsung como a NEC são fornecedores óbvios que gostaríamos que entrassem no mercado do Reino Unido”, disse ele.

Dowden disse que também está buscando incentivos financeiros para encorajar as operadoras a adotarem a tecnologia emergente Open RAN, que visa reduzir a dependência de qualquer fornecedor.

(Por Paul Sandle e Jack Stubbs)

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447727))

REUTERS PS AAJ

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up