for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Espanha prende John McAfee

John McAfee fala durante entrevista em Havana, Cuba 4/7/2019 REUTERS/Alexandre Meneghini

BARCELONA (Reuters) - Autoridades espanholas prenderam no aeroporto de Barcelona o criador de software antivírus John McAfee, indiciado pelos Estados Unidos sob acusações de ter cometido crimes financeiros, afirmou uma fonte da polícia nacional nesta terça-feira.

McAfee foi preso no sábado, quando estava prestes a embarcar em um voo para Istambul com um passaporte britânico, informou a fonte.

Outra fonte, da área judicial, disse que McAfee foi apresentado a um juiz por meio de videoconferência e enviado à prisão onde vai aguardar processo de extradição para os EUA.

Depois que foi preso, a conta oficial de McAfee no Instagram publicou a mensagem “McAfee Livre” com uma foto dele. A pessoa que administra a conta não retornou a pedidos de comentários da Reuters.

Autoridades dos EUA afirmam que McAfee sonegou impostos e não informou ganhos de milhões de dólares por meio da promoção de criptomoedas e trabalho de consultoria e venda de direitos sobre a história de sua vida para um documentário.

O órgão de regulação do mercado de capitais dos Estados Unidos, SEC, o acusa de ter levantado 23,1 milhões de dólares em compensações por ter feito recomendações enganosas sobre criptomoedas.

Por Joan Faus e Inti Landauro

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up