for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Juíza rejeita pedido dos EUA para impedir WeChat de figurar em lojas de aplicativos

Vista de mensagens trocadas por meio do aplicativo WeChat. 23/8/2019. REUTERS/Florence Lo

(Reuters) - Uma juíza de São Francisco rejeitou nesta sexta-feira pedido do Departamento de Justiça dos Estados Unidos para rever decisão que impediu o governo norte-americano de barrar a veiculação do aplicativo chinês WeChat nas lojas da Apple e do Google no país.

A juíza Laurel Beeler afirmou que não acredita que o pedido feito pelo Departamento de Justiça possa “mudar o resultado” da decisão dela que permitiu a continuação do uso do app nos EUA.

Por David Shepardson

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up