for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Elon Musk questiona precisão testes de coronavírus após ter resultados divergentes

12/11/2019 REUTERS/Hannibal Hanschke

(Reuters) - O presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, questionou a precisão dos testes de Covid-19 na quinta-feira após alegar que ele testou positivo duas vezes e, em seguida, negativo duas vezes, no mesmo dia.

“Algo extremamente falso está acontecendo. Fui testado para Covid quatro vezes hoje. Dois testes deram negativo, dois deram positivo. Mesma máquina, mesmo teste, mesma enfermeira. Teste rápido de antígeno de BD”, disse Musk no Twitter, possivelmente referindo-se ao teste rápido de antígeno da Becton Dickinson.

Musk disse que também espera os resultados dos testes de PCR de diferentes laboratórios.

Quando questionado por um usuário do Twitter se ele apresentava algum sintoma, Musk disse que tinha sintomas de um “resfriado típico”.

“Nada incomum até agora”, acrescentou Musk.

A Becton Dickinson, que é uma dos principais fornecedoras de testes de antígeno para Covid-19, disse em setembro que estava investigando relatos de asilos nos EUA de que seu equipamento de teste rápido estava gerando resultados falso-positivos.

No início deste mês, a Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora de medicamentos e alimentos dos EUA, disse que estava alertando equipes de laboratórios clínicos e profissionais de saúde que resultados falso-positivos podem ocorrer com os testes do antígeno.

A Becton Dickinson não respondeu a um pedido de comentário na noite de quinta-feira.

Por Kanishka Singh em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up