1 de Setembro de 2015 / às 21:10 / em 2 anos

Netflix faz aposta de US$5 bi em conteúdo exclusivo

NOVA YORK (Reuters) - A Netflix está fazendo uma aposta de 5 bilhões de dólares na exclusividade, ao anunciar recentemente que está abandonando acordo com a fornecedora de conteúdo Epix nos Estados Unidos.

A notícia pode ser ruim para espectadores norte-americanos de grandes filmes como a saga “Jogos Vorazes” e “Guerra Mundial Z”, mas indica que a Netflix está aumentando seus investimentos em programação que ninguém mais tem nos EUA.

Isso parece ser um movimento inteligente em um campo cada vez mais lotado. Já há uma série de rivais que oferecem muito conteúdo de terceiros, incluindo o tipo de filmes que a Epix tem fornecido aos assinantes do Netflix nos EUA, tem crescido.

Um deles, a Amazon, começou inclusive a produzir os próprios programas e a Apple está considerando fazer o mesmo, disse a revista Variety na segunda-feira.

A Netflix, no entanto, tem sido a líder. Está trabalhando em filmes com Brad Pitt e Adam Sandler, por exemplo, e lançou séries de sucesso como “House of Cards” e “Orange is the New Black”.

O acordo de 1 bilhão de dólares, por cinco anos, da Netflix com a Epix, propriedade conjunta da Paramount Pictures, MGM e Lions Gate, foi uma mudança no jogo quando anunciado em 2010. Ajudou a Netflix a transferir seu principal negócio de entrega DVDs por correio para um de transmissão pela Internet.

A decisão de encerrar a parceria com a Epix nos EUA pode se mostrar igualmente importante para a companhia, que no Brasil esclareceu nesta terça-feira que continuará exibindo programação da Epix.

Ela move a Netflix na direção de ter duas fontes de conteúdo: seus próprios programas e aqueles fornecidos exclusivamente por outros estúdios além de fornecedores terceirizados como a Epix.

Ano que vem, a Netflix será a única entre rivais a transmitir conteúdo da Walt Disney, incluindo a franquia “Star Wars”.

A Netflix está, é claro, em um posição muito melhor do que estava há cinco anos. A base de assinantes triplicou e a receita deve quase quadruplicar ano que vem, de acordo com estimativas da Thomson Reuters.

Isso dá mais poder de fogo para a companhia. Os 5 bilhões de dólares para investir em produção de conteúdo ou compra de conteúdo exclusivo é quase cinco vezes o que a empresa desembolsou em 2010.

Porém, isso não é suficiente para justificar a avaliação da Netflix pelo mercado financeiro, de 350 vezes o resultado esperado para este ano, cortesia de um salto de 450 por cento nos preços das ações da companhia desde 2010. Mas deixa a empresa bem posicionada numa indústria em transformação.

Por Jennifer Saba

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below