27 de Outubro de 2016 / às 18:12 / em um ano

Novo microscópio impresso em 3D permite que crianças brinquem com microbiologia

PALO ALTO (Reuters) - Jogar videogames clássicos como Pac-Man com micróbios unicelulares vivos, menores que um fio de cabelo é possível agora graças a um microscópio interativo desenvolvido por bioengenheiros da Universidade de Stanford.

Após vários protótipos, os pesquisadores lançaram desenhos técnicos no início deste mês para o “LudusScope” na publicação científica internacional PLOS ONE, oferecendo a crianças de todas as idades uma janela lúdica para o mundo da microbiologia.

“É um microscópio que você pode imprimir em 3D e construir sozinho”, disse o professor assistente de bioengenharia em Stanford Ingmar Riedel-Kruse à Reuters.

Após a montagem, organismos pequenos e sensíveis à luz chamados Euglena podem ser vistos em uma lâmina de microscópio cercada por quatro lâmpadas de LED. As luzes são controladas por um joystick, permitindo que os usuários direcionem o movimento dos micróbios.

O componente final é um celular que se acopla ao visor do dispositivo, transformando-o em uma plataforma rudimentar de jogos e ferramenta de pesquisa, em vez de um simples microscópio interativo.

Ele planeja usar fundos recebidos recentemente para desenvolver mais o microscópio em um conjunto de ciências pronto para o uso que ele espera disponibilizar comercialmente em 2018.

Por Ben Gruber

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below