17 de Agosto de 2017 / às 20:12 / 4 meses atrás

CEO da Sixt sugere fusão de negócios de compartilhamento de veículos de BMW e Daimler

FRANKFURT (Reuters) - As montadoras Daimler e BMW podem estar negociando fundir seus serviços de compartilhamento de carros, Car2Go e DriveNow, sugeriu o presidente da empresa de aluguel de carros Sixt, parceira da DriveNow, nesta quinta-feira.

A Daimler e a BMW discutiram unir seus negócios de compartilhamento de carros para competir melhor contra Uber e Lyft, que começaram a oferecer serviços de mobilidade e sob demanda, que são mais convenientes do que ter carros.

Questionado se a Sixt estava envolvida em negociações de fusão com a Daimler e a BMW, o diretor-executivo Erich Sixt disse: “Na última coletiva de imprensa deixei claro que não estamos envolvidos. Hoje eu só posso dizer ”sem comentários“. É claro que é uma declaração um pouco diferente da último. O motivo porque as coisas estão se arrastando não nos compete”.

Em maio, a Sixt disse que não está envolvida em negociações de fusão, mas adiconou que sua fatia de 50 por cento na DriveNow tinha sido avaliada em cerca de 480 milhões de euros.

A Car2Go não quis comentar. Ninguém na DriveNow estava imediatamente disponível para comentários.

Ao ser perguntado se a BMW estava em negociações para combinar seu negócio de compartilhamento de carros com a Daimler, uma porta-voz da BMW disse: “Estamos em negociações constantes com nossos parceiros e, claro, avaliamos as opções estratégicas para nossas atividades e apostas”.

Por Edward Taylor

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below