21 de Agosto de 2017 / às 18:41 / em 4 meses

Site conservador canadense The Rebel sofre interrupção depois que provedor derrubou seu domínio

TORONTO (Reuters) - O site conservador canadense The Rebel disse que seu provedor de domínio cortou seu registro de internet, tornando-o inacessível para alguns usuários pelo mundo nesta segunda-feira, enquanto a empresa busca um segundo provedor.

O movimento acontece depois que a GoDaddy, o Google, da Alphabet, e outras empresas de tecnologia tiraram o site Daily Stormer do ar na semana passada por ajudar a organizar uma manifestação violenta em 12 de agosto na Virgínia, Estados Unidos.

Ezra Levant, fundador do Rebel Media, cujo o site muitas vezes ofende muçulmanos e refugiados, não identificou a empresa que hospedava o registro de seu site, embora ele tenha dito que recebeu um aviso prévio de 24 horas e nenhuma justificativa para a suspensão.

“Se isso foi uma decisão de censura política, é aterrorizante - é como se uma empresa de telefonia dissesse que cancelará seu número em 24 horas, porque não gosta de suas conversas”, disse à Reuters. Levant afirmou que o site estava disponível em “cerca de metade do mundo”.

Por Alastair Sharp

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below