25 de Agosto de 2017 / às 19:46 / 4 meses atrás

Caminhões semi-autônomos devem percorrer estradas britânicas até o fim de 2018

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido iniciará até o final de 2018 os testes de comboios de caminhões semi-autônomos e conectados por uma rede sem fio nas estradas públicas, com o objetivo de encontrar formas mais eficientes em termos de combustíveis para o transporte de mercadorias.

Motorista em caminhão autônomo durante apresentação em Munique, Alemanha 4/11/2016 REUTERS/Michaela Rehle

O desenvolvimento desta tecnologia já começou em outros países da Europa e nos Estados Unidos. Em abril de 2016, caminhões semi-autonômos saíram de fábricas na Suécia e Alemanha para o porto holandês de Roterdã em testes iniciais.

O governo britânico informou que o financiamento de 8,1 milhões de libras (10,4 milhões de dólares) permitiria os testes, onde um caminhão conduzido manualmente controla a aceleração, frenagem e conduz outros dois veículos que o seguem. Todos os caminhões precisam ter um motorista pronto para assumir o controle caso seja necessário.

A formação é considerada a mais eficiente, pois o primeiro caminhão reduz a resistência do ar para os demais.

De acordo com o ministro de Transportes, Paul Maynard, esses avanços podem beneficiar as empresas com custos de combustíveis mais baixos e outros motoristas nas estradas, dada a menor emissão de poluentes e a redução do congestionamento.

No entanto, o presidente da Associação de Automóveis (AA), Edmund King, disse que as rodovias britânicas não são adequadas para comboios em grande escala.

Por Oliver Povey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below