29 de Agosto de 2017 / às 19:20 / em 4 meses

Aliança Renault-Nissan desenvolverá carros elétricos com chinesa Dongfeng

PEQUIM/PARIS (Reuters) - A aliança Renault-Nissan anunciou planos para fabricar carros elétricos na China em uma parceria com a Dongfeng Motor, juntando-se à disputa de montadoras globais para atender às rígidas cotas de Pequim para veículos não poluentes.

Modelo Nissan Leaf na Exposição Internacional de Automóvreis da América do Norte em Detroit, Estados Unidos 12/01/2016 REUTERS/Mark Blinch

O projeto, eGT New Energy Automotive, desenvolverá um mini utilitário esportivo elétrico para entrar em produção em 2019 pela Dongfeng, disse a aliança. A Dongfeng já montou veículos tradicionais com a Nissan e a Renault.

A China, maior mercado automotivo do mundo, quer que os carros híbridos ou totalmente elétricos representem ao menos um quinto das vendas de veículos no país até 2025.

A aliança Renault-Nissan até o momento lidera a implantação de carros elétricos modernos, graças ao Nissan Leaf, lançado em 2010, e ao subcompacto Renault Zoe, lançado dois anos depois. Mas a liderança está sendo desafiada pela Tesla e outras rivais da indústria.

Este movimento “confirma nosso compromisso comum de desenvolver veículos elétricos competitivos para o mercado chinês”, disse o presidente do conselho da aliança, Carlos Ghosn.

A declaração não incluiu detalhes financeiros nem sobre produtos. Entretanto, Ghosn já discutiu anteriormente planos para “mudar o jogo” com um carro elétrico de baixo custo com preço abaixo de 8 mil dólares.

Por Norihiko Shirouzu e Laurence Frost

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below