February 26, 2018 / 11:07 PM / in 3 months

Facebook resolve ação judicial sobre IPO de 2012 por U$35mi

NOVA YORK (Reuters) - O presidente-executivo do Facebook <Inc FB.O>, Mark Zuckerberg, fechou acordo e vai pagar 35 milhões de dólares a acionistas que o acusaram de esconder preocupações sobre o crescimento da empresa de mídia social antes da oferta inicial (IPO) de 2012.

O acordo preliminar protocolado nesta segunda-feira com o Tribunal do Distrito de Manhattan dos Estados Unidos requer aprovação do juíz. Isso equivale a uma pequena fração do valor de mercado atual do Facebook, estimado em mais de 537 bilhões de dólares no fechamento da bolsa nesta segunda-feira.

Os acionistas liderados pelo Arkansas Teacher Retirement System e a Associação de Aposentadoria dos Empregados do Condado de Fresno na Califórnia acusaram a empresa de ocultar receios sobre como o crescimento dos dispositivos móveis poderiam reduzir a receita, mesmo que tenha avisado discretamente seus bancos para cortar suas projeções.

Diferente de 2012, a empresa agora gera a maior parte de sua receita de dispositivos móveis e estima que a publicidade móvel gerou mais de 86 por cento de sua receita total de 40,7 bilhões de dólares em 2017.

“Resolver este caso é no melhor interesse da empresa e dos nossos acionistas”, disse o conselheiro geral associado Sandeep Solanki em comunicado.

O advogado dos acionistas não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Por Jonathan Stempel

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below