March 15, 2018 / 10:17 PM / 4 months ago

UE está pronta para taxar em 3% o faturamento de grandes empresas de tecnologia dos EUA

BRUXELAS (Reuters) - As grandes empresas com receitas digitais significativas na União Europeia, como o Google e o Facebook, podem enfrentar um imposto de 3 por cento sobre o faturamento, de acordo com uma proposta preliminar da Comissão Europeia vista pela Reuters.

A proposta, que deverá ser adotada na próxima semana e ainda está sujeita a mudanças, é uma atualização do esboço anterior que previa um imposto entre 1 e 5 por cento.

O imposto, se apoiado pelos países e parlamentares da União Europeia, seria aplicado apenas para as grandes empresas com receitas anuais acima de 750 milhões de euros (924 milhões de dólares) no mundo e receitas “tributáveis” anuais na UE superiores a 50 milhões de euros.

O limite para as receitas da UE foi elevado de 10 milhões de euros, como estava previsto inicialmente, para isentar da tributação empresas de menor porte e startups emergentes.

As grandes empresas dos Estados Unidos, como Uber, Airbnb e Amazon, também podem ser atingidas pela nova tributação, que vai ser aplicada nos 28 países da UE.

As grandes empresas de tecnologia foram acusadas por países da UE de pagar muito pouco imposto no bloco, ao redirecionar parte dos lucros para os países do bloco que tem uma carga tributária mais baixa, como a Irlanda e Luxemburgo.

(Por Francesco Guarascio)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447745))

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below