May 22, 2018 / 9:29 PM / 2 months ago

Yelp quer reabir denúncia antitruste da UE contra Google

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Yelp disse nesta terça-feira que renovou uma queixa antitruste contra o Google na Europa, a quem acusa de promover ilegalmente seu próprio serviço em busca na internet.

Uma queixa semelhante apresentada pela Yelp em 2014 não levou a União Europeia a acusar formalmente o Google, nem cartas e depoimentos aos reguladores dos EUA levaram a acusações.

Mas a empresa disse que reforçou sua queixa ao analisar a decisão da UE no ano passado, de que o Google usou mal seu domínio nos resultados de busca de produtos. O Google, que está sendo cobrado de uma multa de 2,9 bilhões de dólares nesse caso, se recusou a comentar.

A Yelp também levou em conta a refutação do Google a uma queixa antitruste no Brasil relacionada a resultados de compras.

A preocupação do Yelp continua a mesma: as ferramentas de busca locais do Google, como listagens de empresas e resenhas do Google Maps, recebem os melhores resultados em faturamento, enquanto links para Yelp e outras fontes de informações potencialmente mais úteis são muito menores.

“Quando uma mãe faz uma busca por um pediatra em Berlim, ela está sendo sugada para uma experiência inferior alimentada exclusivamente pelo conteúdo de revisão local do Google”, disse Luther Lowe, vice-presidente sênior de políticas públicas do Yelp, à Reuters.

Por Paresh Dave e Munsif Vengattil

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below