May 30, 2018 / 6:46 PM / in 2 months

Mapbox faz parceria com Microsoft e Intel para fornecer mapas a carros autônomos

(Reuters) - A startup de mapeamento Mapbox Inc disse nesta quarta-feira que está se unindo à Microsoft, à Intel e à unidade de chips ARM Holdings do Softbank Group para aprofundar seus esforços para fornecer mapas para veículos de direção autônoma.

A Mapbox não produz aplicativo de mapeamento. Em vez disso, concorre com o Google Maps, da Alphabet, e com a HERE Technologies, empresa de mapas de propriedade de um grupo de companhias, para fornecer os mapas utilizados por outros aplicativos. Os mapas da Mapbox são encontrados no aplicativo de mensagens da Snap e no aplicativo de entrega de compras Instacart.

Mas a startup fundada em Washington, que levantou cerca de 228 milhões de dólares do fundo Vision da Softbank, DFJ Growth e outros, tem investido no fornecimento de ferramentas para desenvolvedores que estão produzindo software para carros de direção autônoma.

“Nosso foco principal tem sido fazer mapas para humanos”, disse o presidente-executivo da empresa, Eric Gundersen, em entrevista à Reuters. Os mapas para carros com direção autônoma são lidos por computadores de automóveis e precisam de dados mais detalhados, disse ele.

Em um evento realizado para desenvolvedores de software em San Francisco nesta quarta-feira, a Mapbox anunciou um punhado de parcerias projetadas para tornar sua tecnologia mais útil para carros autônomos.

Um dos produtos da Mapbox é o software que permite que um celular ou um carro veja a estrada enquanto o carro roda, distinguindo coisas como faixas ou sinais de limite de velocidade. A empresa disse que vai juntar esse software com um produto da Microsoft.

A combinação permitirá que o motorista do carro veja eventos em tempo real, como mudanças no limite de velocidade, mas depois separa alguns dos dados da câmera e os envia para o serviço de computação em nuvem da Microsoft, o Azure. Uma vez lá, os dados podem ser processados ​​posteriormente por servidores poderosos para ajudar a melhorar os algoritmos que ajudam os carros autônomos a navegar.

Separadamente, a Mapbox também está trabalhando com o fabricante de chips ARM para otimizar seu software de visão para direção autônoma para que os recursos detectados pelos chips da ARM possam ser reconhecidos mais rapidamente, como faixas, pedestres e sinais de trânsito. De uma forma ou de outra, os chips da ARM alimentam a maioria dos telefones celulares, tablets e outros computadores móveis que estão ganhando cada vez mais espaço nos carros.

A Mapbox também está fazendo parceria com a unidade de direção autônoma da Intel, a Mobileye, que a fabricante de chips comprou no ano passado por 15,3 bilhões de dólares.

A Mobileye está construindo seu próprio banco de dados detalhado de características de estradas que é armazenado na nuvem. A Mapbox construiu um software que vai ser instalado nos carros para transmitir os dados da Mobileye sem sobrecarregar a banda dos dados móveis. Os carros que utilizam o sistema terão constantemente um mapa da área cerca de 200 metros à frente, fornecendo backup essencial para os sensores de bordo do carro, disseram as empresas.

Por Stephen Nellis

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below