August 23, 2018 / 8:12 PM / in 3 months

Google remove sites e contas no YouTube ligadas ao Irã

REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

(Reuters) - O Google, da Alphabet, disse nesta quinta-feira ter identificado e removido 39 canais do YouTube vinculados à empresa de mídia estatal do Irã.

O Google também removeu seis sites no Blogger e 13 contas do Google+ ligadas à Islamic Republic of Iran Broadcasting.

“Nossas investigações sobre esses tópicos estão em andamento e continuaremos a compartilhar nossas descobertas com as autoridades policiais e outras entidades governamentais relevantes nos Estados Unidos e outros lugares”, disse o Google.

Na terça-feira, Facebook, Twitter e Alphabet coletivamente removeram centenas de contas vinculadas a uma suposta operação de propaganda iraniana.

O Google, que contratou a FireEye, de segurança cibernética, para fornecer informações à empresa, disse que detectou e bloqueou tentativas de “atores patrocinados pelo Estado” nos últimos meses.

A FireEye disse suspeitar de uma operação de influência que parece ter origem no Irã, destinada ao público nos Estados Unidos, no Reino Unido, na América Latina e no Oriente Médio.

Por Akanksha Rana

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below